Acusado de sequestro e homicídio no Rio de Janeiro é preso em operação policial em cidade do Seridó Potiguar

A Polícia Civil de Caicó, com apoio da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, deram cumprimento na manhã deste domingo 05 de dezembro de 2021, a mandado de prisão expedido pela vara de execução criminal do Rio de Janeiro em desfavor de Igor Moreira Dantas, também conhecido como “Gordinho”. Ele é suspeito de envolvimento em crimes graves no estado do Rio de Janeiro, tais como associação criminosa, roubo, extorsão, sequestro e homicídio.

O mesmo vinha sendo procurado há vários meses em um trabalho integrado da Delegacia de Polícia Civil de Caicó e DHBF PCRJ. A polícia suspeitava de que o foragido da justiça Carioca estaria homiziado (escondido) na cidade de Caicó no RN. No momento da abordagem, os policiais civis encontraram um documento falso na carteira de Igor, o qual foi apreendido.

De acordo com a polícia Igor Moreira Dantas é acusado do sequestro e assassinato de Marcos Winícius Tomé Coelho de Lima, estudante da UFRJ, crime ocorrido em outubro de 2020. A vítima desapareceu no último dia 8 de outubro de 2020, depois de sair de bicicleta de um shopping, em Botafogo. O jovem foi raptado na Urca, após ser atingido por um carro branco.

Igor já vinha sendo monitorado pela Polícia Civil, visto em eventos festivos e restaurantes da cidade de Caicó na companhia de pessoas conhecidas da região. Ao terem certeza de que se tratava do foragido da justiça, os policiais promoveram a abordagem na manhã deste domingo. A Polícia Civil agradece o apoio da população e solicita que denúncias anônimas sejam realizadas pelo 181 ou WhatsApp (84) 3421-6029.