FAB recebe quatro primeiros caças Gripen da Saab

A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu na quarta-feira (24) os quatro primeiros aviões de caça F-39E Gripen da Saab. O ato, com a presença do comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, ocorreu em Linköping (SUE), na sede da Saab.No total, foram encomendados 36 caças, com entrega até 2024.

“O projeto representa um novo patamar tecnológico para o Brasil e tem fundamental importância no desenvolvimento da nossa Base Industrial de Defesa”, afirmou o comandante da aeronáutica brasileira. O contrato do governo brasileiro com a empresa sueca prevê a transferência de tecnologia para a produção do equipamento pela Embraer.

O lote inicial de F-39E será empregado no 1° Grupo de Defesa Aérea da FAB, baseado em Anápolis (GO), iniciando a substituição dos caças Northrop F-5 Tiger II, em serviço no Brasil há 46 anos. Mais adiante, o jato sueco também ocupará a vaga do caça-bombardeiro A-1 (Embraer AMX). O projeto de renovação dos caças foi iniciada em 2006. Em 2013, o governo brasileiro decidiu pelo modelo sueco.

De acordo com a Saab, o Gripen E/F é um avião que pode ser empregado em diversas funções, além das tradicionais missões de combate aéreo.Na prática, isso significa que o Gripen pode desempenhar, simultaneamente, missões ar-ar para interceptar e neutralizar aeronaves, ar-terra para destruir veículos, navios e instalações militares inimigas, e de reconhecimento, nas quais identifica ameaças e patrulha fronteiras. Fonte: CNN Brasil